Tempodofim.com.br

Profecias para o tempo do fim



Moisés e Josué - Página 01/04


5.1 - Depois de 400 anos no Egito, a linhagem de Jesus tinha passado de uma família para um povo, havia crescido grandemente, ao  ponto de Faraó do Egito, temer uma guerra dos hebreus contra os egípcios, ou a união daqueles com outros povos contra o  povo egípcio.

5.2 - Para impedir que isto acontecesse, Faraó determinou que todas as crianças nascidas homem dos filhos dos hebreus fossem jogadas no rio Nilo para que morressem. (Ex 1.22) Era o estratagema da época, mata-se o bebê, para que não faça oposição ao sistema quando crescer. Herodes, nos tempos de Jesus, fez a mesma coisa em Israel, mandou matar umas duzentas crianças de dois anos, na expectativa de matar Jesus juntamente com elas. Tanto Faraó, como Herodes erraram o alvo, mataram crianças, mas não mataram a criança que Deus estava guardando, nem Moisés e nem Jesus morreram fora de tempo.

5.3 - Por intervenção divina, Moisés ainda criança, foi colocado num cesto e lançado nas águas do Nilo. Mas a filha de Faraó o recolheu e o criou como sendo seu filho. E colocou nele o nome de Moisés que quer dizer: Tirado das águas. Deus sempre dá um jeitinho de fazer o mal que foi lançado sobre um cristão, virar uma bênção, é estranho esta forma de agir do Senhor, mas vai se fazer o que? Deus é assim mesmo. Faz o que quer quando quer e como quer, e ninguém pode impedir. Quem poderá impedir o agir de Deus? Um homem? Nunca!

Texto anterior: José do Egito.
 

5.4 - Quando adulto, Moisés ficou sabendo da sua história e da sua origem e foi conhecer o seu  povo. Moisés tinha sangue hebreu, pensava como hebreu, mas tinha educação de Egípcio e era visto pelos hebreus como um egípcio e era visto pelos egípcios como um hebreu, haja confusão. Não foi bem recebidos pelos seus irmãos. Eles não queriam um "egípcio" no meio deles, afinal, eram escravos dos egípcios e os odiavam.

5.5 - Moisés era nervoso e matou um egípcio e enterrou na areia, quando defendia um hebreu, mas por isto, teve medo de Faraó e fugiu para o deserto de Mídiã (Ex 2.11) Mas uma vez, Deus estava levando o seu escolhido para o lugar onde iria prepará-lo para a obra que desejava executar por seu intermédio: humilhar e liquidar Faraó e seu exército, enriquecer o povo hebreu e tirá-los do Egito e levá-los para o lugar da provação: deserto. Por mais estranho e tortuoso que seja o caminho que estejamos andando, é a partir dele que Deus faz agente andar do jeito que Ele quer.

 

 

 

 

 

Próxima página.




"Quando a ciência se multiplicar, Jesus voltará". (Dn 12.4) A ciência já se multiplicou, Jesus está voltando. Você está preparado?