TempoDoFim.com.br

  • Arrebatamento

  • ARREBATAMENTO


    O que é?

    Em que momento?

    Primeira vinda.

    Segunda vinda.


    Título: Arrebatamento, segunda vinda.


    "Nem por força e nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o SENHOR DOS EXÉRCITOS". Jeremias 4:6


    Resumo


    Nosso objetivo é demonstrar que: 1 - haverá uma segunda vinda Jesus; 2 – esta segunda vinda será sete anos após o arrebatamento, ao final da tribulação.


    1 - Introdução


    1.1 - Jesus veio em carne, (1Jo 4.2) morreu na cruz por nossos pecados, (1Pe 3.18), está assentado à direita de Deus, (Mc 16.19) reinando com o Pai, no céu (Lc 22.29). E virá em corpo glorificado mais duas vezes: 1ª vinda, 1Ts 4.13-18. 2ª vinda, Mt 24, vinda gloriosa. A bem da verdade, qualquer aparição de jesus é gloriosa, especialmente depois que foi glorificado, (Jo 12.23 e 28; At 1.11), porém, para fins didáticos, diz-se, que a segunda vinda é gloriosa, isto porque, Ele traz consigo a Igreja.


    1.2 – A administração divina é muito fácil de ser compreendida, existem as coisas que são representação real de fatos futuros e outras que servem apenas de sombra de fatos futuros. Como se diz, o arrebatamento, (At 1.11) é um assunto escancarado na Bíblia sagrada, falado com clareza, porém, quando se trata da segunda vinda, após a tribulação, (Mt 24.29) o assunto vem por intermédio de parábolas, sombras, para os estudiosos, está mais do que claro, porém para os leigos, o assunto está solto, não dá para ser compreendido com clareza.


    1.3 – O ERRO: Existe alguns “estudiosos”, que se esforçam para não entenderem e aceitarem que são duas vindas, só conseguem ver a primeira vinda, que é o arrebatamento, e por isto erram, vez que os textos que falam da segunda vinda, colocam os fatos após a tribulação, mas não dizem literalmente que será a segunda vinda, eles são taxativos em afirmar que o arrebatamento será após a tribulação, um erro duplo. Na verdade anulam a primeira vinda. Concentram-se apenas em Mt 24. A Bíblia é grande.


    1.4 – A Bíblia diz que deve haver unidade na Igreja, (Ef 4.3) isto significa dizer, que se os pilares da Igreja estão afirmando alguma coisa, para contrariar este ensinamento é preciso trazer algo extremamente palpável, a Igreja afirma categoricamente que o arrebatamento será antes da tribulação, e com vasto fundamento bíblico. A parte que erra, deve acordar perante as provas.


    2 - Desenvolvimento


    2.1 – A primeira coisa que precisamos fazer neste estudo é provar que haverá dois eventos e que são distintos e absolutamente diferentes.


    “Visto que guardaste a minha palavra de exortação à perseverança, eu também o guardarei da hora da provação que está para vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra.” Ap 3:10


    2.2 - Este texto bíblico, é uma prova exaustiva e exauriente, que a Igreja não vai passar pela tribulação, por um fato extremamente simples de se perceber: Existe uma promessa da parte de Deus para os que perseveraram na vigilância, de que serão guardado na hora da provação que virá sobre toda terra. Coisa líquida e certa.


    2.3 - Haverá uma provação, conhecida como grande tribulação, é o assunto central do livro do Apocalipse. Então, seguramente, a Igreja será arrebatada antes da grande tribulação. De fato, existe centenas de versículos como este, onde Deus promete que o santo não sofre junto com o ímpio, mesmo porque, na tribulação Deus estará devolvendo ao mundo as suas maldades.


    2.4 – Exemplo1: Abraão pergunta a Deus, antes da destruição de Sodoma e Gomorra: “Destruirás também o justo com o ímpio?” Gn 18.23; “Longe de ti que faças tal coisa: matar o justo com o ímpio, tratando o justo e o ímpio da mesma maneira. Longe de ti! Não agirá com justiça o Juiz de toda a terra?” Gn 18.25. Depois disto não dá para questionar mais nada. Cai por terra totalmente a hipótese de Igreja passando pela tribulação. Conhecendo este texto, continuar afirmando que a Igreja passará pela tribulação, é confusão.


    2.5 – Exemplo2: "E eles serão meus, diz o Senhor dos Exércitos; naquele dia serão para mim joias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve."; "Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve." Malaquias 3.17-18.


    2.6 – Está provado que a Igreja não passará pela tribulação, isto implica, que haverá o arrebatamento amplamente prometido na Bíblia Sagrada.


    “Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.” 1 Cor 15:51-53. Percebe-se o mesmo texto em 1Ts 4.13-18;


    2.7 – Está provado que haverá arrebatamento e que haverá tribulação e que Jesus virá antes da tribulação, óbvio, buscar sua noiva, a Igreja.


    2.8 – Mas vejam o que diz a Bíblia em Mateus 24, porque é neste texto que o circo pega fogo:


    v.21 - Porque haverá então GRANDE AFLIÇÃO, COMO NUNCA HOUVE DESDE O PRINCÍPIO DO MUNDO ATÉ AGORA, NEM TÃO POUCO HÁ DE HAVER. (...) v.29 - E, LOGO DEPOIS DA AFLIÇÃO daqueles dias, (...) v.30 - Então APARECERÁ NO CÉU o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.


    2.9 - Será a maior aflição da história da humanidade, maior que a primeira guerra mundial, maior que a segunda guerra mundial, imagine? Nunca houve e nem nunca haverá outra igual. Jesus vai aparecer na nuvem logo DEPOIS desta aflição. Convenhamos, não precisa ser muito inteligente para perceber que se trata da grande tribulação e que se trata de uma outra vinda de Jesus, a segunda vinda, com poder e grande glória.


    2.9.1 - Pra fechar com chave de ouro, tem a festa do cordeiro, sete anos no céu, e na terra...inferno. (Ap 19.7-10) LEIA.


    Regozijemo-nos! Vamos alegrar-nos e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Para vestir-se, foi-lhe dado linho fino, brilhante e puro. O linho fino são os atos justos dos santos. E o anjo me disse: “Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro!” E acrescentou: “Estas são as palavras verdadeiras de Deus”.


    2.10 – Está provado que haverá uma segunda vinda e que será após a grande tribulação, o resto é uma questão de costurar os retalhos para vermos uma maravilhosa cocha toda tecida pelo Espírito Santo de Deus. A segunda vinda foi tratada em toda Bíblia, principalmente no Velho Testamento. É chamado de o dia do Senhor. De fato, o dia do Senhor é o Apocalipse ou grande tribulação.


    “Ai do dia! Porque o dia do Senhor está perto, e virá como uma assolação do Todo-Poderoso.” Joel 1:15


    “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.” Amós 3.7


    3 - Conclusão


    3.1 – Uma tese científica nasce assim: alguém apresenta uma ideia, esta ideia vira discursão e evolui para uma antítese e depois para uma tese e por fim uma síntese. Como isto acontece? Alguém afirma algo novo, porém, sem prova, outro alguém traz as prova daquela afirmação.


    3.2 - Os buracos negros atormentaram os astrônomos por mais de duzentos anos. Inexplicavelmente, milhares de estrelas se agrupavam num determinado lugar do universo como que atraídas por uma força descomunal, formando galáxias. Em 2016, uma mulher, Chapel Hill, EUA, calculou a velocidade e trajetória das estrelas que orbitavam em torno desta “força”, provando a existência de buracos negros tão denso e com uma gravidade tão grande que fazia as estrelas girarem ao seu redor rapidamente, e aprisionava a luz das estrelas próximas. Provado a existência dos buracos negros.


    3.3 – Assim é a tese altamente comprovada da segunda vinda de Jesus, os estudiosos aperfeiçoaram a ideia no decorrer dos séculos, até restar absolutamente provado que são dois fatos distintos. É por isto que temos que respeitar o que foi ensinado pelos antepassados, porque evoluímos na esteira do conhecimento deixada por eles.


    3.4 – Para se questionar o que está posto durante séculos é preciso provar. Trazer textos e mais textos sem nenhuma fundamentação bíblica, ou com textos bíblicos que nada tem a ver com o tema em questão é perda de tempo. A Igreja vai subir antes da tribulação.


    4 - Adendo


    4.1 - A fé dos cristãos não está baseada unicamente na Bíblia Sagrada. São várias as formas que Deus tem de falar. Ele fala e depois confirma, (Is 44.26) por isto a Bíblia diz que a ovelha conhece a voz do seu Pastor. (Jo 10.27). Existe uma palavra na Bíblia que só se repete três vezes nas cartas joaninas, se chama UNÇÃO. (1Jo 2.20 e 27; At 1.8). Não existe palavra em nossa língua para definir unção. É algo tão divino, tão sobrenatural, tão maravilhoso que nada desta vida se compara à unção do Espírito Santo em uma pessoa. Quando se está em um ambiente divino, a unção é sentida, logo, Deus é sentido. A pessoa pensa: “O que sinto é novo e não é deste mundo.”


    4.2 – Na atualidade, a construção de um edifício, nasce como um desejo, uma ideia, depois vai para o projetista e depois ao Engenheiro e vai para a mão dos obreiros que levantam a edificação. Assim é com a fé. Temos que fazer o primeiro movimento em direção a Deus, e posteriormente Ele vai nos coroando dia a dia com mais um pouco de fé. (Js 1.9)


    4.3 – A salvação vem pelo ouvir, e ouvir a Palavra de Deus, (Rm 10.17) é preciso buscar para se poder achar, e quanto mais se busca mais se acha. (Mt 7.7 e 8).


    4.4 – No mundo todo as pessoas estão sonhando com uma grande guerra e estão dizendo que será a terceira guerra mundial, na verdade elas estão sonhando com a grande tribulação, que de fato será a maior, pior e mais assombrosa guerra que a humanidade já viu. Demônios que estão presos desde a criação, serão soltos vão ficar visíveis durante a tribulação. (Judas 1.6). Não existe profecia ruim para a tribulação.


    4.5 – Baseado na parábola da porta estreita, (Mt 7.13 e 14), hoje, 2017, 1/3 da humanidade será arrebatada, isto corresponde a 2.33bi de 7bi. O restante, 4,66bi, penso eu, 90%, 4,19bi, morrerá durante a tribulação. 10%, 0,46bi entra no milênio. Mais ainda falta, uns poucos anos.


    Autor: Pastor Otacílio Mota